Olá

Bem vindo ao Coisas da Alma!

Despretensiosamente levando um pouco de espiritualidade ao mundo!

Conheça o http://aalmadascoisas-annapon.blogspot.com/, blog parceiro do Coisas da Alma.

domingo, 22 de setembro de 2013

GUARDIÕES E EXUS por Robson Pinheiro

Olá amigos!
Robson Pinheiro, baseado em seu livro, muito bom, aliás, intitulado "Legião", vem de forma divertida e acessível à compreensão de todos, nos falar um pouco sobre o "mistério" Exu. Robson é espírita e prefere a palavra Guardião para se referir a Exu por uma questão simples, como ele mesmo diz, a palavra Exu foi por demais depreciada e mal compreendida por muitos anos, além de designar, pelos que desconhecem a real função dessas entidades, o mal, ou o espírito malévolo, designações essas incompatíveis com a grandeza de trabalho realizado por eles.
Nessa breve palestra questões como a hierarquia dos Senhores Guardiões são expostas de forma clara, citando André Luiz, Robson dá bons exemplos de campo de atuação desses espíritos que de demoníacos nada têm, bem ao contrário.
Interessante perceber a "nova" interpretação que Robson dá quanto ao trabalho dos Exus, esclarecendo que não apenas defendem, mas sim equilibram forças, ou seja, são agentes reguladores entre a luz e a sombra gerando a penumbra que nada mais é que equilíbrio.
Toda reunião mediúnica, seja ela espírita, de Umbanda ou de outra religião, tem seu guardião ou grupo de guardiões em sua defesa e proteção. Robson alerta algo muito interessante nesse sentido, conhecer o espirito guardião responsável pela reunião é de fundamental importância  mesmo porque ele e somente ele, pode responder por eventuais "ataques" materiais/espirituais que o grupo por ventura venha a sofrer.
Alguns grupos mediúnicos, como é o caso de grupos Kardecistas, desprezam essa orientação.
Robson relata nessa palestra casos de rompimento energético sofridos por seu grupo. Em minha experiência particular de vida mediúnica já tive a oportunidade de observar o mesmo acontecer. Nunca se deve desprezar os avisos que os espíritos nos enviam como formas de nos proteger e, conhecer o Guardião responsável pela segurança do grupo no qual estamos atuando é a melhor maneira de se defender e de saber por qual fonte nossa segurança está sendo rompida, violada. Em muitos casos somos nós mesmos os responsáveis pela quebra energética.
Para cada grupamento espírita/espiritualista, existe um guardião especializado no tipo de trabalho que o grupo realiza, conhece-lo, consulta-lo, é forma segura de seguir com um bom trabalho, de forma menos vulnerável.
Robson nos diz que são sete as categorias dos Exus, conhecer suas especialidades nos abre um leque maior de conhecimento, por exemplo, sobre como e a qual categoria devemos nos dirigir quando precisarmos de sua ajuda. Creio que tal atitude facilite muito as coisas desse e do outro lado da vida. Exemplo claro desse ensinamento são os trabalhos de Apometria que exigem deslocamento no tempo/espaço, nos colocando diante de situações variadas nas quais os Exus, especialistas, são os únicos que podem, efetivamente, nos ajudar dentro da especialidade de cada um.
Vale a pena a palestra!
E que cada um de nós a possa aproveitar para e pelo bem maior!
Annapon


Nenhum comentário:

Postar um comentário

linkwithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Pesquisar este blog

Seguidores