Olá

Bem vindo ao Coisas da Alma!

Despretensiosamente levando um pouco de espiritualidade ao mundo!

Conheça o http://aalmadascoisas-annapon.blogspot.com/, blog parceiro do Coisas da Alma.

terça-feira, 1 de março de 2011

A Língua dos Espíritos








Olá amigos leitores desse blog!
              Abaixo postei dois vídeos nos quais Pai Rodrigo Queiroz fala, em palestra, sobre Evolução Espiritual. Vale ressaltar que postei os vídeos por considerar seu conteúdo muito bom para aqueles que se interessam sobre o assunto e porque os mesmos me fizeram recordar um assunto sobre o qual sempre quis escrever, expressando assim, o meu raciocínio no que diz respeito à linguagem que alguns espíritos utilizam quando incorporados.
               Pai Rodrigo cita a intolerância de alguns espíritas para com as entidades de Umbanda que, quando incorporados, cometem "erros" de português.
                Concordo com Pai Rodrigo e quero, a partir desse ponto de sua palestra, comentar um pouco sobre a minha opinião a respeito de tão polêmica questão, aliás,só é polêmica em decorrência do preconceito que aprisiona a muitos de nós, seres humanos.
                  Se alguns espíritas julgam "atrasados" ou sem Luz, as entidades de Umbanda que, ao se expressarem verbalmente, cometem "erros", o que poderiam dizer sobre os espíritos que se manifestam em seu meio, que cometem, assim como os de Umbanda, os mesmos "erros" e carregam no sotaque alemão, francês, etc?
                    A diferença está na geografia?
                   Se não for europeu não é evoluído?
                   Parece ser esse o conceito que se faz em ser ou não evoluído, o espírito comunicante, na verdade, para que o espírito possa expressar-se através de outro que esteja encarnado, ele precisa tornar compreensível seu pensamento. Nesse processo,a mente do médium, capta o pensamento do espírito e o retransmite. Se o espírito comunicante, em sua última encarnação, viveu em alguma parte da Terra, diferente daquela na qual vive o médium, logicamente irá se expressar, através do médium que o incorpora, como estrangeiro. Da mesma forma como milhares de estrangeiros se expressam quando aprendem a língua portuguesa, ou seja, o espírito se familiariza, de alguma forma, com a língua utilizada pelo médium, porém, sempre será estrangeiro. Consequentemente cometerá "erros" e terá sotaque.
                  Fique claro que tal raciocínio se aplica a toda e qualquer manifestação de incorporação, salvo se o espírito comunicante tiver vivido sua última encarnação no mesmo país que o médium.
                  Sendo assim, me pergunto:
                  Conhecimento é sinônimo de sabedoria?
                  Por qual razão se "toleram" erros de linguagem europeus em detrimento daqueles cometidos pelos africanos e indígenas?
                  Preconceito?
                  Visão estreita?
                  Falta de boa vontade para o raciocínio lógico tão pregado?
                  Da mesma forma que o europeu "erra", e como "erra", ao se expressar em português, "erram" os Pretos-Velhos e Caboclos da Umbanda que, no mais das vezes, usavam dialetos de suas regiões natais.
                  Esse raciocínio nos remete ainda a algo mais grave e comum, infelizmente, em nossa sociedade que valoriza sempre, e demais, aquilo que vem de fora e que pretensamente é elegante, evoluído e sábio.
                 Esse verniz, porém, desprovido de bom senso, nem se dá ao trabalho de conhecer a História da Europa e de seus habitantes. Desconhecem, ou fingem ignorar, o extermínio de raças, a destruição de bibliotecas, o incêndio em praça pública de corpos vivos e o rolar de cabeças nas guilhotinas da elegante França. 
                 E o pior disso tudo é que diziam ser em "Nome de Deus" que cometiam suas atrocidades.
                 É, meus amigos, espíritos não se podem catalogar pelos "erros" de linguagem, mas sim pelo teor de suas mensagens, pelo amor que trazem e pela compaixão que exteriorizam quando se expressam.


Annapon em 01.03.2011
                  

Nenhum comentário:

Postar um comentário

linkwithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Arquivo do blog

Pesquisar este blog

Seguidores